quarta-feira, 12 de outubro de 2011

APOIO A PRESERVAÇÃO DO SANTUÁRIO DOS PAJÉS - BRASILIA

Nenhum comentário

A EMPLAVI é uma empresa que costumeiramente descumpre não só preceitos normativos quanto éticos, em relação aos interesses da comunidade, sejam eles na ordem das relações de consumo ou de respeito ao patrimônio público e ordenamento urbano. Basta verificar no link (http://tjdf19.tjdft.jus.br/cgi-bin/tjcgi1?NXTPGM=tjhtml101&ORIGEM=INTER&SELECAO=2&CIRC=ZZ&CHAVE=emplavi), para comprovar as muitas condenações judiciais perante não só as Varas da Fazenda, Civeis quanto perante a Vara do Meio ambiente, desenvolvimento urbano e fundiário do DF, relacionadas a pagamento de multas, indenizações e outras, que sofreu por descumprir normas relativas a proteção do meio ambiente, ordenamento urbano e de consumo, além de demandas ainda em andamento promovidas tanto pelo Ministério Público e por grupos de pessoas que foram “enganadas”.

Não são poucas as ações ajuizadas contra a empresa, que não tem prestado nenhum serviço relevante para a cidade, ao contrário, tem contribuído para a depredação do meio ambiente e prejudicado a adequada ordenação urbana, com impacto negativo na qualidade de vida.

A proteção do território indígena é algo que assume inegavelmente, maior relevância do que a proteção de interesses financeiros e imobiliários de grupos econômicos que atuam de maneira duvidosa.

Certamente, consumidores conscientes, responsáveis com os interesses coletivos, que estão sendo mais uma vez ludibriados com propagandas enganosas do empreendimento no Setor Noroeste, se soubessem da conduta de violações tanto ao meio ambiente quanto aos direitos da COMUNIDADE INDÍGENA – SANTUÁRIO DOS PAJÉS, certamente não comprariam sequer um metro quadrado.

INCANSAVELMENTE, MANIFESTAMOS NOSSO APOIO A PRESERVAÇÃO DOS DIREITOS DA COMUNIDADE INDIGENA TAPUYA NO TERRITÓRIO QUE ATUALMENTE OCUPA – O SANTUÁRIO DOS PAJÉS – NOROESTE DE BRASILIA

Nenhum comentário :